Câmara entrega Título Policial Padrão a seis profissionais da cidade

19/04/2018
46d50d6c79d6674e8fce5894286c66c6sessao17-19.jpg

Mais uma vez, a cerimônia de entrega do Título Policial Padrão foi marcada por fortes emoções. Seis policiais foram homenageados ontem, 17 de abril, em sessão solene, na Câmara de Fernandópolis. Título foi criado através de Projeto de Decreto Legislativo de autoria da vereadora Neide Garcia, no ano de 2010.

Todos os policiais fizeram discursos emocionantes e estavam visivelmente satisfeitos com o Título Policial Padrão. Uma das homenageadas foi a vereadora Maiza Rio, que integra a Polícia Científica de Fernandópolis há mais de 20 anos. “Quando entrei para a Polícia era uma menina, mas hoje sei bem o que significa ser policial e tenho orgulho em dizer que faço parte dessa classe”, falou Maiza.

O presidente da Câmara, Étore José Baroni, disse que a sessão para entrega do título Policial Padrão é sempre motivo de orgulho para a Câmara. “É muito gratificante reunir várias instituições da polícia da nossa cidade, e isso torna nosso dia muito especial”, completou o presidente.

Os homenageados deste ano foram: 1º Sargento PM Renato Sérgio Finêncio (Polícia Militar) Carcereiro Edson Luiz Longo (Polícia Civil); Cabo PM José Antonio Gagliardo (Polícia Ambiental); Cabo PM Daniel Yukio Rabelo Kamikawachi (Corpo de Bombeiros); Soldado PM Everson Cipriano (Polícia Rodoviária); e Fotógrafa Técnica Pericial Maiza Rio (Polícia Científica).           

Logo após a entrega do título Policial Padrão, os vereadores realizaram sessão ordinária para aprovação dos seguintes Projetos, dentre outros assuntos:

Declaração de Veto Parcial nº 01 ao Projeto de Lei Complementar nº 16/2018, de autoria do Prefeito Municipal, que altera a redação de dispositivos do Estatuto dos Servidores Públicos Municipais; Projeto de Emenda à Lei Orgânica Municipal nº 02/2018, de autoria do Vereador João Pedro da Silva Siqueira, altera dispositivo da Lei Orgânica Municipal (Art. 92) – Diário Oficial Eletrônico – 2ª. Votação;  Substitutivo ao Projeto de Lei nº 12/2018, de autoria do Prefeito Municipal, acrescenta o parágrafo 6º ao artigo 8º da Lei Municipal nº 4.406, de 23 de outubro de 2015, com o objetivo de permitir o uso de bens imóveis públicos municipais, visando a dispensa ou inexigibilidade do edital de aviso aos demais interessados na outorga da permissão de uso do bem submetido à análise da Administração Municipal.

Em regime de urgência foi aprovado, também, Projeto de Lei Complementar nº 05/2018, institui Programa de parcelamento de débitos tributários e não tributários das entidades beneficentes de assistência social que prestam serviços na área da saúde, educação ou assistência social.

 

 

 

 

 

 


Veja Também